Página 2

Autores de L a N

 

 

Magia do Amor
Lenamais

Sentimos como uma pluma
toca-nos tão leve e macio
como se anjos nos rondassem
começamos a ver cores e brilhos
de forma deslumbrante
como num passe de mágica...

Abrimos portas e janelas
sem reservas
sem medo
sem pudor
nos entregamos

Contemplo o céu
acredito ser uma dádiva
um céu tão azul e límpido
espelhando minh'alma
em total estado de purificação

Serás tu fada madrinha?
Sinto sua presença angelical...
na candura em que chegas
trazendo esta tal felicidade
que todos cantam e encantam
porém buscam incessantes

Venha, apenas entre
sem pedir licença
sem lenço
sem documento
nada mais importa
um estado de posse
de entrega
compartilham-se

Acomode-se sutilmente
no mais íntimo do meu ser
sem reservas
com domínio pleno

Sem contratos
prazos
imposições
chega doce magia...
Faça do meu corpo
Tua moradia


21.03.2004

 


Amor Tatuado
Ligi@Tomarchio®

Enovelados sentimentos
tecem as tramas
os traumas reticentes, latentes
emergem das profundezas 
do existir.

O amor encravado
trava qualquer possibilidade
de ressurgir das trevas.

Desvão com teias e pó
esquecido pelo tempo cruel
enaltece um desejo de morte.

Sofrimento de amor
sem cura, só dor
tatuado na alma
imensurável, submerso no magma
centro da criação da terra mãe
a todos alimentando
na cura e renascimento.

Águas escorrem, atropelam pedras
no caminho a seguir.

Oxigênio escasso
sufoca, não há ar
vitalidade a esvaecer.

Brasas destroem sem as chamas
abrandadas pela chuva
elixir para a natureza quase morta.

Final dos tempos...

Humanidade corrompida
tal coração que ama
esquecido de ser, ver e ouvir
os desígnios dos deuses tantos,
muitos já esquecidos
enterrados na memória perdida.

 

http://planeta.terra.com.br/arte/ligiatomarchio

 

 

Rosas Virtuais,Vida Dois Amor
Lizete Souza Passos

Navegando rosas com amor, na amizade virtual,
São rosas brancas e azuis a Iemanjá , pois é dois de fevereiro,
tem festa no mar, para internautas viajantes amantes da deusa dos mares...
e, na terra o site vida dois anos em festa está, as rosas azuis,brancas,amor,
Nas mensagens, são ornamentos, para o site festivo, vida dois anos, amor...

Navegando , navegando,nave virtual do amor, navegantes internautas do amor,
Pois os/as navegantes do amor ,em festa estão , dois de fevereiro,
festa na galaxia terra azul, e no seu mar... E no mundo virtual,....

Encantamento, nos trazem. pois a deusa mãe das águas do mar, vem em cântico,
numa suavidade amorosa ,nos abençoar, o site em festa está...
festejando o amor em todas as dimensões, segundo ano de vida,
rosas virtuais ,despetaladas são derramadas n'agua , flutuando, flutuando nas ondas
ondas mareantes virtuais , presenteando os/as internautas do site....

Internautas navegantes do amor, descobrem Iemanjá a deusa das águas marinhas,
por entre as rosas, que uma a uma são devolvidas , pelas ondas mareantes virtuais...
rosas brancas do amor, festa virtual do site , com Iemanjá abençoando, dois ano vida!
Num cãntico de sereias surge a deusa ,com seus belos cabelos pretos, vestido azul,
Numa dança amorosa, com uma música em sonoridade amor....

As rosas despetaladas unindo-se em formato de coração,
para internautas navegantes do amor colherem todos os dias :]
Paz, amor, harmonia na amizade virtual, do site...
Parabéns!parabéns! parabéns! Dois anos de vida virtual....

Porto Alegre , 30.01.06


 

O Amor é....
Lorenzo Yucatán

Amor para mim é a forte atração
Que sinto por ela a todo momento...
Amor é tê-la como meu complemento,
Afeita aos ditames do meu coração.

Amor é ter meus olhos só para ela;
Em sua imagem, concentrar fantasias;
Nela, ver a razão de ser de meus dias
E sentir, afinal, como a vida é bela.

Amor é querer sempre sua companhia,
Ouvir seus argumentos de viva voz,
Esquecer o mundo e viver só pra nós,
de mãos dadas pela senda da alegria.

Amor é tê-la na tristeza e na dor,
Exercitar total reciprocidade;
Um vivendo para o outro de verdade,
Ação bilateral de luz e calor.

Amor é sintonia d'alma, de perto!
É sempre ter em mente um final feliz,
Compor os planos numa só diretriz...
Amor é acreditar que vai dar certo!

04.02.2005



El Amor Es...
Lorenzo Yucatán

Amor para mí es la fuerte atracción
Que siento por ella en todo momento...
Amor es tenerla como mi complemento,
Afecta a los imperativos de mi corazón.

Amor es tener mis ojos sólo para ella;
En su imagen, concentrar fantasías;
En ella, ver la razón de ser de mis días
Y sentir, al final, como la vida es bella.

Amor es querer siempre su compañía,
Oír sus argumentos a viva voz,
Olvidar el mundo y vivir sólo para nosotros dos,
Las manos dadas por la senda de la alegría.

Amor es tenerla en la tristeza y el dolor,
Ejercitar total reciprocidad;
Uno viviendo para el otro de verdad,
Acción bilateral de luz y calor.

¡Amor es sintonía del alma, de aquí o de allá!
Es siempre tener en mente un final feliz,
Componer los planos en una sola directriz...
¡Amor es creer que de dicha este amor se llenará!


04.02.2005

Respete los derechos del autor.
Versión en Español: David Yauri
www.lalenguaespanola.com.br

 

 

Desencontro...Ânsias
Luiz Poeta ( sbacem - rj ) - Luiz Gilberto de Barros 
às 19 h e 42 min do dia 5 de janeiro de 2006

quanto mais te prendo, sinto que te soltas
não me surpreendo, meu amor é tanto
que quando te abraço, todo o meu encanto
se dissolve em pranto vendo que não voltas. 

ah... quando te soltas, é tão de repente,
meu peito só sente quando não te vejo;
tento em vão sonhar-te, mas o meu desejo
se desfaz num beijo que o teu ser nem sente.

tão inconseqüente, meu amor reclama,
sempre há uma chama a queimar meu peito...
tento não te amar, mas amo,não tem jeito
nosso amor desfeito é um eterno drama.

fecho os olhos, sonho, tenho pesadelos,
estou tão tristonho sem tua presença
mas sempre te encontro quando a dor intensa, 
longe dos teus olhos, me permite vê-los.

quando eu te perco, estou me procurando;
quando me encontro, sinto que te perco 
a saudade chega e sempre aperta o cerco
mas eu só me perco quando estou te amando.

 

www.luizpoeta.com


 

Por Um Amor Que Sonhei...
Lyriann De Mello 

Eu creio que sonhar na minha idade 
É balsamo que dá prazer à minha vida 
Porém, estranho isto que me invade... 
Tornando-me, às vezes, assim dividida. 

De alma inquieta, pra distante antever... 
O que resultará deste sonho de esperança 
Um frio e um calor insistem em percorrer 
Um corpo excitado, cujo êxtase, não alcança. 

Tendo agora, a solidão por companheira! 
Tão inútil como tentar esconder a inquietação 
É negar que, em mim, este amor se torna imensidão. 

Como me divertir, de forma costumeira? 
Se esse amor sonhado está de mim tão distante 
Querendo se consumar qual uma febre delirante? 

18/02/2003

lyriann_mello@msn.com



O Amor

Manuela Baptista


O Amor não tem côr
Não é preto nem é branco
Não é demónio nem santo
É dor, é sonho, alegria
Ilusão e nostalgia
Raio, corisco, trovão
Tudo pode ser Amor
Pois não tem definição

 

 

Dulce Amor
Marcelo Romano

Amor de ayer , de la temprana adolescencia...
de tímidas mirada cruzadas , flechando el cielo ...
amor de manos temblorosas , de cortada respiración
del primer beso nervioso,rápido como mordiendo una flor ,
amor dulce amor , de temprana edad ...
¿ donde te abandoné ?
¿ quien cobija hoy esos besos ?
¿que boca saborea tu dulzor ?
fue el amor de ayer .
el de dos adolescentes aprendiendo a amar...
los de la piel dorada bajo el sol 
y bocas deseosas de besar ... de amar...
¡ fue nuestro amor ! 
temprano amor , dulce amor ...
hoy en lejanía de días recuerdo... ,
reviviendo en mi ese amor dulce como fruta madura ...
eras un delicioso mordisco al más rico manjar ...
te extraño dulce amor ...



Salta-Argentina

www.locurapoetica.com




Doce Amor
Marcelo Romano

Amor de ontem, da prematura adolescência...
de tímidos olhares cruzados, flechando o céu...
amor de mãos trêmulas, de cortada respiração
do primeiro beijo nervoso, rápido como mordendo uma flor,
amor doce amor, de prematura idade...
onde te abandonei?
quem agasalha hoje esses beijos?
que boca saboreia tua doçura ?
foi o amor de ontem...
o dos adolescentes aprendendo a amar...
os da pele dourada sob o sol 
e bocas desejosas de beijar ... de amar...
foi nosso amor ! 
prematuro amor, doce amor ...
hoje em lonjura de dias lembro... 
revivendo em mim esse amor doce como fruta amadurecida...
eras uma deliciosa mordida ao mais gostoso manjar ...
estranho-te doce amor...


Salta-Argentina
www.locurapoetica.com

 

 

Amar é Gostoso
Marici Bross

Amar é gostoso
Seja lá de que forma for
Aquece a alma
E alegra o coração

A vida deve ser
De muito amor
Para com isto a alegria chegar
Seja dia, ou seja, noite
Não importa.
Sempre é hora de amar.

Um amar gostoso
Muito nosso
Um amar de nos dois.



www.maricibross.com

 

 

Amor
Marilena Basso

Ah! como eu queria
Um amor verdadeiro,
Sem maldades,
Sem hipocrisia,
Traição ou falsidade.
Um amor que fosse
Forte o bastante
Para servir de esteio
Ao meu viver errante.

Procuro e procuro
Por todos os rincões,
Parece que desapareceu
Vive apenas na imaginação,
Nos caminhos tortuosos da mente.
Me embalo na loucura 
De tentar alcançá-lo
As vezes pinta a esperança
Me tenta e me alcança
De que em algum lugar
Procurando , vou achar você.

 

http://cantinhodalena.intercanalum.com.br

 

 

O amor é...
Marilena Trujillo 

O amor é meu barco, meu rumo.
Riacho, onde sinto a vida verter
Beleza, poesia, gostosa agonia...
Vontade que faz arrepiar, ceder...

Esquecendo orgulho, vaidade e hora.
Ah... o amor nutre minhas células...
Revigora meus sonhos, pinta todos
Meus desejos em coloridas telas...

Para ele vou correndo, voando,
Bailando, sorrindo feito criança...
Seu cheiro me atiça, incendeia...
Ai... que delicia.. sua voz mansa...

O amor é o paraiso, meu remanso,
Meu arco-íris em dias de chuva...
Ternura derramada em gemidos...
Corpos bem coladinhos, feito luva...

Amor é furacão, turbilhão, canção,
Confusão, amasso, apertão, arranhão, 
Adoração, desvario, tremor, êxtase...
O amor sou eu... é meu coração!...


www.maritrujillo.com

 

 

Amo o silêncio
Margaret Pelicano

Amo seus poemas,
e gosto de curti-los em silêncio.
Na quietude delineia-se
o que lhe vai n'alma, na mente.
Amo cada letra, palavra ou acento
triste ou alegre...
e perenemente
concordo com seus sentimentos.
Amo sobretudo, 
porque com suas letras me entendo,
com seu jeito de viver me defendo
das armadilhas da existência!
São aulas macias 
que a tanto querer desenhas
em seu e meu coração,
amo a sinceridade, a calma plangente
a amizade o carinho consequente, 
amo o bom silêncio
que você borda na nossa união, eternamente!


Brasília - 16/09/2005

 

http://planeta.terra.com.br/arte/rendas.e.paixao

 

 

...Para Sempre
Mercêdes Pordeus
Recife/Brasil

Para sempre edifiquei meu amor
Sobre uma grande pedra angular.
E sob efeito de nenhuma erosão,
Tenho certeza que ela não ruirá.

Renascido,o amor, do meu âmago
Estruturou-se através do cotidiano,
Suas estruturas advêm das experiências
Se com sabedoria pudermos discerni-las.

E se em mim a tua alma se acende
A cada alvorecer, a minha renasce
Tomando dimensões impalpáveis.

Se encontraste uma nova luz vivida,
Eu em ti, feliz também a encontrei, 
Então, que ela resplandeça no porvir.

 

Amar
Nadir A D'Onofrio

"Doação sem restrição 
Emoção, ardor, sofrimento 
Entrega, desprendimento 

Identidade de sentimentos 
União de corpos de alma 
Complementação 
Sublimação" 


27/05/2005 Santos SP 

 

www.nadirdonofrio.com

 

 

Simples Assim
Nádya Haua 

Eu queria um amor assim...
Sem mácula, sem fronteira
Sem limite, sem barreira.
Um amor sem pecado
Sem castigo, sem pudor, sem abrigo.
Um amor sem proibição
Que transmita calor
Que não tenha ambição.
Eu queria um amor assim...
Que me deixe vulnerável
Que ultrapasse o acaso
Um amor não miserável
Que desconheça o fim.
Eu queria um amor assim...
Que trilhasse a cada dia
O longo caminho e certo
Que fizesse fluir a poesia
Em meu mundo deserto e
Na essência do caminho
Deixasse nus, os seios encobertos.
Eu queria um amor assim...
Que despertasse a melodia
Que os ouvidos não ouvem mais
Que fosse generoso e explodisse em gozo
No corpo de escultura fugas.
Que fosse coerente, doce, indecente
Como o amor que se sente
Ao relembrar os anos vividos, perdidos
Cujo tempo, sepultou lá atrás.
Eu queria um amor assim...
Simples, um tanto tímido
Como o olhar do menino desejando a mulher conquista.
Um amor eterno e sem vaidade
Que semeie a esperança
E floresça a eternidade.
Um amor sem crendices, alicerçado na mais pura realidade
Um amor que alforrie a mulher
Da cruel e impiedosa saudade.
Ah, como eu queria...
Um amor que chegasse ao romper da aurora
No alvorecer e repousasse em meus braços cansados
Na eterna paz do anoitecer.
Ah, como eu queria...
Um amor simples assim...
Como o amor que tenho por você!

 

 

Como Amo Você...

Nany Schneider 

Amo você...
Se isso valeu a espera...
Amo...
Amo...
Como as ondas que beijam a areia no seu vai e vem... 
Como as flores amam o sol que lhes dá vida...
Como as gotas que reluzem 
E formam de amor, um arco-íris. 
Como as dunas que renascem 
Pela ação dos ventos que as acariciam. 
Como o encontro das águas 
Formando um sócorpo.
Como...
Como eu te amo...

 

www.bettyboopstar.com.br

 

 

Amor desolado...
Nora Lanzieri / Argentina 

Llegaste a mi vida
una tarde de verano
me amaste dulcemente
entre sedas y pañuelos blancos.

Dormimos mil sueños
y amanecimos cantando
hasta que el destino nos marcó 
con dolor y llanto.

Me dejaste vacía
sin alma, ni vida
llené mis sábanas blancas
de rojos pétalos, tus rosas...

Dispuesta a esperarte
bajé las cortinas
me quedé en nuestra cama 
en silencio y dormida.

Con olor a rosa y despedida
fue tu amor que un día,
lleno de caricias
mi alma, mi corazón y mi vida.


Todos los derechos reservados®



Amar amando...

 Nora Lanzieri / Argentina 

En el portal de mi vida 
apareciste como paracaídas, 
te guardé en lo más profundo 
de mis amores queridos 
y hoy que has partido 
por volar al firmamento 
siento en mi pecho un ahogo 
que solo quiero volar a tu encuentro. 

Que cosa que tiene el amor, 
se quiere, amar amando, 
se perdona, amar amando, 
se comprende, amar amando, 
amar amando tu nombre, 
tu olor a hombre 
encerrado en mi ventana, 
quedó mi pieza impregnada 
hasta la próxima madruga. 
Será hoy, será mañana, será 
cuando vuele a tu encuentro. 
Te quiero amor..., amar amando!. 


Todos los derechos reservados®